O Fórum do Património reuniu pela primeira vez em 10 de abril de 2017 na Sociedade de Geografia de Lisboa, para tentar mobilizar as ONG portuguesas do Património Cultural Construído à volta de objetivos comuns.

Tratou-se duma iniciativa de cinco associações portuguesas desta área, Amigos dos Castelos (APAC), Casas Antigas (APCA), Arqueologia Industrial (APAI), Grémio do Património (GECoRPA, que coordenou) e Reabilitação Urbana e Proteção do Património (APRUPP).

O Fórum do Património propôs-se retomar e dar continuidade ao movimento associativo do Património iniciado em 1978.

ONG subscritoras da Declaração Final do Fórum do Património 2017

Lista das ONG subscritoras

(Outubro de 2019)

A Reserva na Fábrica - associação para a criatividadade, mediação cultural e empreendorismo
ABPMF - Associação Barreiro Património Memória e Futuro
ACAB - Associação Cultural de Azurara da Beira
ACER - Associação Cultural e de Estudos Regionais
ADALOURES - Associação de Defesa do Ambiente e do Património de Loures
ADDPCTV - Associação para a Defesa e Divulgação do Património de Torres Vedras
ADEP - Associação de Estudo e Defesa do Património Histórico-Cultural de Castelo de Paiva
ADPAC - Associação de Defesa do Património Ambiental e Cultural de Santa Iria da Azóia
AdpBeja - Associação para a Defesa do Património Cultural da Região de Beja
ADPCAS- Associação de Defesa do Património Cultural de Alcácer do Sal
ADPCNS - Associação de Defesa do Património Cultural e Natural de Soure
ADPM - Associação de Defesa do Património de Mértola
ADPS - Associação de Defesa do Património de Sintra
AEDPCNCC- Associação para o estudo e Defesa do Património Cultural e Natural do Concelho de Coruche
AEDPHCS - Associação para o Estudo e Defesa do Património Histórico-Cultural de Santarém
APAC - Associação Portuguesa dos Amigos dos Castelos
APAI - Associação Portuguesa de Arqueologia Industrial
APCA - Associação Portuguesa das Casas Antigas
APJSH - Associação Portuguesa de Jardins e Sítios Históricos
APMCH - Associação Portuguesa dos Municípios com Centro Histórico
APPA - Associação do Património e da População de Alfama
APRUPP - Associação Portuguesa para a Reabilitação Urbana e Protecção do Património
Associação de Defesa do Património Cultural de Monte Redondo
Associação de Estudos do Alto Tejo-Núcleo Regional de Investigação Arqueológica
Associação In. Cidades
Associação Mundo Património
Associação Património Histórico PH - Grupo de Estudos
AURANCA - Associação de Ambiente e Património da Branca
CAA - Centro de Arqueologia de Almada
CDT - Associação Centro da Terra
CECHAP - Centro de Estudos de Cultura, História, Arte e Património
CEPPRT - Centro de Estudos e Protecção do Património da Região de Tomar
Fórum Cidadania Lisboa
Fundação das Casas de Fronteira e Alorna
GECoRPA - Grémio do Património
GEOTA- Grupo de estudos de Ordenamento do Território e ambiente
Grupo Pro-Évora
ICOMOS - International Council on Monuments and Sites - Comissão Nacional Portuguesa
INTBAU - International Network for Traditional Building Architecture & Urbanism - Portugal
LASA - Liga dos Amigos de Setúbal e Azeitão
MCSPFB - Movimento Cívico da salvaguarda do Património Ferroviario do Barreiro
PALOMBAR - Associação de Conservação da Natureza e do Património Rural
QSintra
Ribacvdana - Associação de Fronteira para o Desenvolvimento Comunitário
Terras Quentes - Associação de Defesa do Património Arqueológico do Concelho de Macedo de Cavaleiros

Vantagens de subscrever  a
Declaração Final do Fórum do Património 2017


Subscrever permite à sua ONG ter voz ativa na definição da melhor estratégia de intervenção cívica em defesa do Património Cultural Construído, beneficiar da troca de experiências e partilha de informações com outras ONG do Património, criando condições para uma maior eficácia da ação no terreno. 



  • Participação em ações coordenadas de defesa do Património, extensivas a todo o território nacional
  • Acesso a informação atualizada
  • Aconselhamento jurídico
  • Consultoria especializada
  • Desconto em atividades promovidas pelo Fórum.

Leia a Declaração Final do Fórum de 2017,

e, se concordar, subscreva

A subscrição da Declaração Final do Fórum do Património não tem custos.